Apresentação

O Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ciências Humanas (PPGICH) está diretamente vinculado  ao Centro de  Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Dessa maneira liga-se  à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, e integra o conjunto da Pós-Graduação brasileira, sustentada sobretudo pelos dois órgãos de fomento da pesquisa acadêmica nacional, a CAPES e o CNPq.  Neste contexto,  inscreve-se, como programa de Doutorado, à Câmera II  da Área Interdisciplinar da CAPES.

Na última avaliação trienal (2013)  feita pela CAPES, o Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas recebeu a nota 06 (seis), sendo um dos poucos cursos na área interdisciplinar – sociais e humanidades que mereceu esta nota.

Merece destaque também o fato de já terem sido premiadas pela CAPES e por outras entidades científicas nacionais algumas teses defendidas no PPGICH  – a última premiação foi  a da melhor tese defendida no Brasil  na área interdisciplinar em 2013.

O corpo docente do PPGICH conta com doutores/as pesquisadores/as, permanentes e colaboradores, provenientes dos seguintes campos disciplinares:  Antropologia,  Biologia, Ciência Política, Direito, Educação, Filosofia, Geografia, História,  Psicologia, Saúde Pública, Serviço Social, Sociologia.

Desde a sua fundação em 1995, o Programa  é  um programa de  doutorado. Inicialmente foi um  Doutorado Interdisciplinar em Sociedade e Meio Ambiente;  em 1998 transformou-se em Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas com duas áreas de concentração: Sociedade e Meio Ambiente e Condição Humana na Modernidade; e em 2000 foi incorporada ao Doutorado uma nova área:  Estudos de Gênero. Assim, temos atualmente a seguinte estrutura geral do doutorado:

Áreas de
Concentração
Linhas
de Pesquisa
1) Condição Humana na Modernidade(CHM) a) Modernidade e Globalização (GM)b) Evolução das Ciências da Vida e da Saúde (ECVS)
2)Estudos de Gênero
(EGE)
a) Epistemologia dos Estudos Interdisciplinares de Gênero (EEIG)b) Gênero e suas inter-relações com geração, etnia, classe (GIRGEC)
3) Sociedade e Meio Ambiente (SMA) a) – Desenvolvimento, conflitos e políticas públicas (DCPP)b) – Consumo, Estilos de Vida e Ética (CEV)

O PPGICH tem responsabilidade científica e administrativa sobre o curso de Doutorado, apoiando-se em  equipes e núcleos de pesquisa que funcionam principalmente no Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Por outro lado,  o PPGICH está associado a entidades científicas nacionais, entre as quais a Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade (ANPPA –  http://www.anppas.org.br/novosite/index.php), e é sócio-fundador da  Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação Interdisciplinar em Sociais e Humanidades (ANINTER-SH –  http://www.aninter.com.br/).

Como um dos doutorados pioneiros no campo da abordagem interdisciplinar no país, e como único programa de pós-graduação interdisciplinar em Ciências Humanas na região sul,  no início acolheu sobretudo estudantes do Estado de Santa Catarina, mas nos últimos anos  recebe cada vez mais  alunos/as de outros  Estados brasileiros, além de estrangeiros (sobretudo de países da América do Sul).

Para cumprir sua tarefa, o PPGICH não só forma novos doutores e doutoras em Ciências Humanas, mas também  recebe regularmente alunos/as de outros cursos de pós-graduação para cursar suas disciplinas, e alunos/as especiais, além de  oferecer, com alguma regularidade,  cursos de curta-duração e extensão.

São instâncias estatutárias do PPGICH a Coordenação (coordenador e sub), o Colegiado do Programa (coordenação, representantes docentes e discentes) e a Comissão de Bolsas (formada pelo coordenador, um representante docente e um representante discente).

Aspectos gerais do Doutorado Interdisciplinar

O Programa  tem por objetivo  realizar uma  tríplice função – (1) ensino de ciências humanas, (2) prática da pesquisa e (3) extensão das pesquisas (publicações, palestras, cursos de curta duração, participação na mídia).

Ingressa-se no Programa através de uma seleção anual, feita por banca composta de seis (06) docentes, representantes das três áreas de concentração. A partir de 2006, além de um ante-projeto de tese e de um currículo comprovando, entre outras coisas, a conclusão de um mestrado,  passaram  a ser requisitos para a participação no processo seletivo a aceitação prévia de orientador/a e a comprovação de conhecimento em língua inglesa. O processo seletivo inclui, em sucessivas fases eliminatórias,  a aprovação em uma prova escrita  de conhecimentos, que inclui questões gerais e questões especificas à área de concentração eleita, a aprovação do projeto de tese e  avaliação do currículo apresentado, e, por fim, a aprovação, em entrevista com a comissão seletiva,  na defesa do ante-projeto de tese.

Durante o primeiro ano, o/a doutorando/a deve escolher também um/a co-orientador/a de tese, que necessariamente deverá pertencer a outra área disciplinar que o de seu orientador/sua orientadora.. A escolha de orientador/a implica maior engajamento do/a doutorando/a na área de concentração e nas linhas de pesquisa dos/as respectivos/as orientadores/as e co-orientandores/as.

O curso de doutorado exige o cumprimento de  03 disciplinas obrigatórias de 06 créditos cada uma (Epistemologia e Metodologia da Pesquisa Interdisciplinar em Ciências Humanas; Teorias da Sociedade, da Política e da Natureza,  e Teorias da História, da Cultura e do Indivíduo), além de créditos em disciplinas optativas, totalizando um total 48 créditos. Para cumprir tal número de créditos,  poderão ser validados até um máximo de 16 créditos com disciplinas já cursadas em cursos de pós-graduação strictu sensu. A escolha das disciplinas optativas deve levar em conta as áreas de concentração e as linhas de pesquisa do curso.

Os/as alunos/as bolsistas (CAPES, CNPq, FAPESC) obrigatoriamente realizam estágio docência em disciplinas da graduação sob a supervisão dos/as docentes orientadores/as.

Nas disciplinas oferecidas pelo Curso podem inscrever-se também, além dos/as doutorandos/as do Programa,  pós-graduandos/as de outros programas de mestrado e doutorado, e também, com a anuência dos/as docentes, alunos/as especiais, respeitando-se a disponibilidade de vagas. Tais alunos/as especiais são regularmente inscritos/as na disciplina e são avaliados/as de acordo com as normas vigentes no programa. Atendendo normas do PPGICH, não são aceitos/as alunos/as  ouvintes nas três disciplinas obrigatórias.

O Programa de PG Interdisciplinar em Ciências Humanas também recebe pós-doutorandos/as.